Foi realizado o lançamento do Plano Diretor de Mineração da Região Metropolitana de Fortaleza no dia 30/04/2019, no período da manhã, nas dependências da Federação das Indústrias do Ceará (FIEC), com a participação de 3 diretores da ANM, Tasso Mendonça, Tomás Figueiredo Filho e Debora Puccini e do Gerente Regional /CE, Ricardo Senna.

Foi realizado o lançamento do Plano Diretor de Mineração da Região Metropolitana de Fortaleza no dia 30/04/2019, no período da manhã, nas dependências da Federação das Indústrias do Ceará (FIEC), com a participação de 3 diretores da ANM, Tasso Mendonça, Tomás Figueiredo Filho e Debora Puccini e do Gerente Regional /CE, Ricardo Senna.

O Projeto de Atualização do Plano Diretor de Mineração foi desenvolvido em duas etapas, a primeira eminentemente técnica, desenvolvida através de um projeto de execução direta da Gerência Regional da ANM/Ceará, concluída no final de 2017, por uma equipe formada pela Geóloga Vanessa Maria Mamede Cavalcanti (Coordenadora) e pelos Especialistas em Recursos Minerais Marcos Aurélio Marcelino Moreira e Cristiano Alves da Silva.

A segunda etapa foi um Seminário, realizado em 28 de junho de 2018, na FIEC, com o objetivo de promover a discussão e aprovação de diretrizes e proposições, com a participação de representantes das prefeituras municipais, de órgãos federais e estaduais e do setor produtivo mineral.

Vanessa Cavalcanti apresentou os principais pontos do plano e alertou para o fato da atividade mineradora ter limitações que precisam ser levadas em consideração, como, por exemplo, a rigidez locacional e o fato da distância do empreendimento poder encarecer demasiadamente os insumos. “Não podemos mudar uma jazida mineral de lugar, diferente de uma indústria, que pode ser realocada quando há qualquer problema. Além disso, se a jazida estiver muito longe dos centros urbanos, a necessidade de frete acaba encarecendo o valor final dos insumos. É por isso que, no ordenamento territorial municipal, deve ser concedida prioridade à mineração em áreas com recursos importantes, tais como areia, argila, cascalho ou rocha para britas, que são fundamentais para a sociedade”, reforçou.

“O setor de mineração necessita de espaço para produzir os insumos, sem atrapalhar o crescimento da cidade e a questão ambiental, mas garantindo a oferta”, corroborou Tasso Mendonça Júnior, diretor da Agência Nacional de Mineração.

Fonte: http://www.anm.gov.br/noticias/anm-e-fiec-lancam-plano-diretor-de-mineracao-para-a-regiao-metropolitana-de-fortaleza

Imagem: Mesa do evento. Sra. Vanessa Cavalcani fazendo sua apresentação.

Please follow and like us:
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *