O Decreto nº 10.201, de 15 de janeiro de 2020, publicado no DOU no dia 16/01/2020, permite à Advocacia Geral da União (AGU) celebrar acordos de até R$ 50 milhões sem necessitar de prévio aval do Poder Executivo Federal.

Esse decreto confere mais autonomia aos Advogados da União, tornando a composição de acordos menos burocrático, menos oneroso, e mais célere.

Esse Decreto segue os Princípios Constitucionais da Celeridade e Economia Processual, representando um avanço enorme, não perdendo de vista os Princípios da Legalidade e do Devido Processo Legal.

Foto: Pixabay

Clique aqui para cadastrar seu e-mail e receber nossas notícias.

Para acessar a integra as Leis e Normas basta clicar aqui e acessar nossa página de legislação e normas infra legais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *